25 de jul de 2012

Dia do Escritor

Escrever pode ser uma arte, uma dádiva, um sonho, um desbafo, uma profissão ou um passatempo.  
Escrever é libertar os fantasmas, dar vida a imaginação, guiar os cegos e dar esperança aos perdidos. 
Ao lermos um livro, uma página, uma parágrafo ou até mesmo uma frase, nossas vidas podem tomar novos rumos. As palavras abrem portas para uma nova dimensão, um mundo de fantasias, de sonhos, de diversão, de angústias, de realidades cruas e nuas. 
"Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida", disse Clarice Lispector, uma grande escritora brasileira. 
E para homenagear esses escritores capazes de transformar a realidade, hoje, 25 de julho, é comemorado o Dia do Escritor. 
A escolha da data se deu após a realização do primeiro Festival do Escritor Brasileiro, em 1960, o qual teve como presidente João Peregrino Júnior e Jorge Amado como vice-presidente, evento esse promovido pela União Brasileira de Escritores. 
E cá estou, escrevendo e representando os demais escritores desse blog, registrando palavras, ideias, e uma singela homenagem a todos os escritores do mundo!

Paloma Silva 

Nenhum comentário:

Postar um comentário